Bionanocompósitos de gelatina e nanopartículas de prata como substitutos para produtos descartáveis

Discente: Karina Aparecida dos Santos Cruz – Mestranda em agroquímica (Universidade Federal de Lavras)
Juliano Elvis de Oliveira- Orientador – Universidade Federal de Lavras

A preocupação com os problemas ambientais gerados pelo descarte inadequado de produtos descartáveis têm motivado as indústrias a utilizarem matérias-primas alternativas que substituam as convencionais. No entanto, produtos descartáveis à base de polímeros naturais com as mesmas propriedades físicos-químicas que os convencionais ainda são desconhecidos na literatura. Assim este trabalho tem como objetivo desenvolver filmes bionanocompósitos, a partir de gelatina e farinha de amora e incorpora-lo com nanopartículas de prata oriundas da polpa de amora, que tem propriedades antioxidantes, como substitutos para produtos descartáveis. Os filmes serão obtidos através da evaporação dos solventes, pelo método casting. E as propriedades mecânicas e físicas- químicas dos filmes serão determinadas por ensaios mecânicos de permeabilidade ao vapor de água e de isotermas de sorção. As nanopartículas também serão avaliadas por tamanho de partícula, potencial zeta e ensaios microbiológicos. Por fim, os bionanocompósitos serão avaliados por análise dinâmico-mecânico, morfologia, atividade antimicrobiana e biodigestibilidade.
Palavras-chave: Atividade antioxidante. Biopolímero. Polpa de amora. Síntese Verde.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Translate »
Rolar para o topo